sábado, 28 de junho de 2008

Milágrimas



Em caso de dor, ponha gelo
Mude o corte do cabelo
Mude como modelo
Vá ao cinema, dê um sorriso
Ainda que amarelo
Esqueça seu cotovelo
Se amargo for já ter sido
Troque já este vestido
Troque o padrão do tecido
Saia do sério, deixe os critérios
Siga todos os sentidos
Faça fazer sentido
A cada milágrimas sai um milagre
Em caso de tristeza vire a mesa
Coma só a sobremesa
Coma somente a cereja
Jogue para cima, faça cena
Cante as rimas de um poema
Sofra apenas, viva apenas
Sendo só fissura, ou loucura
Quem sabe casando cura
Ninguém sabe o que procura
Faça uma novena, reze um terço
Caia fora do contexto, invente seu endereço
A cada milágrimas sai um milagre
Mas se apesar de banal
Chorar for inevitável
Sinta o gosto do sal
Sinta o gosto do sal
Gota a gota, uma a uma
Duas, três, dez, cem mil lágrimas, sinta o milagre
A cada milágrimas sai um milagre


Composição: Itamar Assumpção - Alice Ruiz

8 comentários:

Cacau disse...

Adorei o textoooo
Um super fds p ti!!
bjokas

Vania disse...

Que lindo amiga!
Eu adorei.
*
Vou procurar o tal do livro, me pareceu muito legal... Vi várias coisas sobre Irvin D. Yalon na net.
*
Vou pesquisar obrigada pela dica!
*
Emagreci meu blog, afff tava pesado demais, mas o conteúdo continuará hard porque senão não dá né...
*
Até mais.

Vania disse...

Sabe que tem gente que para de andar ou de falar sem nenhuma razão fisiológica.

Quando eu era adolescente (e achava que sabia de tudo) pensava que deprimidas eram pessoas com preguiça de viver.

Depois, fiquei deprimida e morri de vergonha de admitir.

Aí o tempo passou e fui ficando cercada de pessoas com problemas emocionais, então vi que não era invenção.

Agora respeito muito tudo o que nossas emoções, traumas, a psique mesmo é capaz de fazer.

Já vi meu mundo desmoronar várias vezes e quase sempre era obra da imaginação.

Estou tentando mudar e aprender.

Adorei o trecho que você me mandou. Muito explicativo!

Bjs

Vania disse...

você tem msn?
me adiciona: vania_usp@yahoo.com.br

rssss

Sabe: eu acho que cada caso é um caso. Tenho lido alguns blogs que de certo modo "me criticam" porque estou tentando "compreender" as razões emocionais que levam alguém a engordar. Tudo bem, gosto de ler outras opiniões. Não somos a medida do mundo né.

Se tem gente que diz que engordou porque "gosta de comer e pronto" tudo bem, acredito e respeito.

Mas no meu caso normalmente não gosto de comer: na verdade minha mãe tava me lembrando que para eu começar a comer foi uma luta - eu era uma criança doente, magra demais, igual meu filho, detestava comer. Só sob tortura.

Só engordei com 17 anos depois de deprimir. Antes só comia o suficiente para não morrer de inanição. Enfim.

Estou adorando o bate-papo rsss

Que achou dos outros blogs?

Só o das visitas está pronto, o da alimentação, exercício estão meio abandonados.

Estou fazendo um especial, para o desafio de me tornar um DIVA rsss mas ainda não terminei.

Mas trato todos como se fossem um só o problema é que o meu estava pesado demais nem eu conseguia abrir mais.

Beijinhos.

Vania disse...

Enquanto meu filho brinca, meu marido dorme (foi buscar minha mamãe às 5 da matina, ela também está dormindo agora, não com ele rssssss) estou aqui separando os assuntos que gosto de tratar.

Meu blog diva:
http://divaem100dias-vania.blogspot.com/

rssssssssssss

Penélope disse...

Adorei o Poema, Ção. Faz mesmo a gente pensar em levantar a poeira.

Que bom que tem gostado do Chá Branco, eu o acho ótimo e me ajuda bastante, principalmente na retenção de líquido.

Um grande beijo.

Ah, e parabéns! Vi vc lá no Desafio Menos 10 Por Cento. Determinada, firme e forte!

Vania disse...

Estou curiosa pela continuação do texto. Contratransferência: numa conversa com a Marisa disse justamente que não poderia ser terapeuta por conta disso.

Quando alguém não quer "ver" o problema eu me irrito. Sinto vontade de pegar as mãos da pessoas e fazê-la agir.

Com meu filho aprendi muito: eu sou impaciente, então queria que ele fizesse tudo o mais rápido possível. Um dia ele, com 3 anos, me disse: "mamãe, cada um é de um jeito, eu não sou rápido assim, gosto de calçar meu tenis com calma senão me atrapalho".

Caí na real e passei a respeitar o tempo dele.

Antes, queria ser psicanalista. Cheguei a procurar os meios. Depois desisti: contratransferência.

Estou gostando muito de ler. Acho que você poderia publicar aqui, aos pedaços, porque é só um capítulo, mas o blog é seu rssssss

Beijos

Vania disse...

Ouxe mulher, quando te vi no msn você já foi dormir, rsss, estava fazendo mamadeira para o filhote...

Bjs, tricote comigo quando puder.

Até

Os 11 mandamentos da FLY (Finally Loving Yourself) Fonte: Chega de Bagunça
1. Mantenha sua Pia Limpa e Brilhando.
2. Vista-se toda manhã, mesmo que você não sinta vontade. Não esqueça de colocar os sapatos (de amarrar).
3. Faça suas Rotinas da Manhã e as Rotinas da Noite (aquela antes de ir para a cama) todos os dias.
4. Não deixe o Computador te distrair(Ops!!!).
5. Observe as suas atitudes. Se você tirou algo do lugar, coloque de volta.
6. Não tente fazer dois projetos de uma vez. UM TRABALHO POR VEZ.
7. Não tire para fora coisas que você não pode devolver em menos de 1 hora.
8. Faça alguma coisa por você todos os dias. Talvez a cada manhã ou noite.
9. Trabalhe o mais rápido que você puder. Isto te dará mais tempo para se divertir.
10. Sorria, mesmo quando você não estiver disposta. Um sorriso é contagioso. Faz sua mente ficar feliz e você será feliz
11. Não esqueça de rir (gargalhar) todos os dias. Mime-se. Você merece isso!!!